terça-feira, 22 de julho de 2008

Toca Raul

Ontem eu não chorei.
Mas acordei com os olhos inchados.
E embora o sol estivesse forte lá fora, não usei óculos.
Noite passada, pintei as unhas de carmim e depois adormeci.
Amanheci com o esmalte marcado das fibras do lençol. Mas não arrumei.
Raramente sinto cólica, hoje senti. Mas não tomei chá.
O tanque de gasolina estava na reserva, mas não completei.
Segui meu percurso normal até o trabalho, como se o mundo não tivesse mudado de um dia para o outro.
O sol continua a brilhar, meus dedos ainda estão em minhas mãos e minha mente ainda me guia.
Passei meu batom mais brilhante, o lápis escuro no olho, liguei o rádio e cantei.
Como já dizia Raul: “Não sei onde eu to indo, mas sei que to no meu caminho...”

Um comentário:

Je disse...

Ai Si, tô gostando de ler! :)